quarta-feira, 18 de abril de 2012

Objetivo Geral do Blog


A DISCRIMINAÇÃO CONTRA ÍNDIOS E NEGROS NO BRASIL DE ONTEM E DE HOJE         

Após pesquisas e estudos sobre a origem do preconceito contra índios e negros no Brasil – sabendo que este tem início desde sua colonização –, concluímos que, mesmo passados mais de quinhentos anos, ele continua tão presente em nossa sociedade nos dias de hoje quanto naquela época.
         Em visita ao Brasil, o relator especial da Comissão de Direitos Humanos das Nações Unidas para Formas Contemporâneas de Racismo Discriminação, Xenofobia e Intolerância, Doudou Diéne, em entrevista à Radiobrás, concluiu que o racismo ainda é profundo no país, que índios e jovens negros são vítimas frequentes da violência e que, alguns setores governamentais não estão dispostos a acabar com o preconceito racial. Apesar de o Brasil está empenhado no combate ao racismo, e o atual governo ter como prioridade sua superação, morosamente vemos programas que inserem índios e negros numa esfera cidadã, no Brasil.
         A solução que encontramos, além de uma mudança de mentalidade da sociedade, é a intensificação de políticas públicas que possam corrigir este conceito equivocado que se perpetua durante toda a nossa história. Para sermos mais específicos, defendemos a reserva de cotas em universidades federais e em concursos públicos – 50% – para índios e negros, a fim de que num futuro não muito distante tanto estes quanto aqueles se vejam na prática inseridos como cidadãos de direito neste país.
 - Nota: sítio visitado: WWW.brasiloeste.com.br em 11-4-2012.http://www.brasiloeste.com.br/2005/10/racismo-indios-negros/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário